30/06/2016 às 09:22 / Fonte: Portal Boas Notícias

Arquitetura: Porto de Leixões vence prémio mundial

Edifício assinado pelo arquiteto português Luís Pedro Silva venceu na categoria 'Edifícios Comerciais ou Institucionais com mais de 1.000 m2' © Porto de Leixões

Selecionado entre 826 projetos de mais de 50 países, o novo Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões acaba de ser distinguido com mais um prémio internacional, desta feita da ‘AZAwards’, prestigiada competição canadiana que todos os anos elege o que de melhor se faz no mundo da arquitetura e do design contemporâneo.

De acordo com a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), este prémio vem reafirmar a excelência do novo Terminal, reforçando a sua notoriedade junto das maiores companhias internacionais de cruzeiros que têm vindo, de forma crescente, a considerar Leixões como paragem obrigatória, trazendo, dessa forma, cada vez mais visitantes para o destino Porto e Norte.

Da autoria do arquiteto Luís Pedro Silva, Leixões integrou a lista de finalistas do júri para a categoria de ‘Arquitetura – Edifícios Comerciais ou Institucionais com mais de 1.000 m2’, foi o favorito do público na votação que decorreu online e acabou mesmo por arrebatar o galardão internacional.

Recorde-se que, na mesma categoria, o novo Terminal de Cruzeiros de Leixões estava a concorrer com quatro fortes adversários - o ‘Harbin Opera House’, na China; o ‘The Waterhouse at South Bund’, em Xangai; bem como o ‘Vegas Atlas Congress Center’ e o edifício ‘Stanford Central Energy facility’, ambos nos EUA.

Os vencedores da competição ‘AZ Awards 2016’ foram conhecidos a 17 de junho, numa gala que decorreu no reputado Evergreen Brick Works, em Toronto, e onde o autor do projeto de Leixões esteve presente. 

Construído a 700 metros da costa e inaugurado há menos de um ano, o novo Terminal de Cruzeiros de Leixões continua, assim, a somar o reconhecimento internacional, tendo recolhido, ainda em 2015, o título de ‘Melhor Porto do Ano’, pela Seatrade Awards 2015, a par do Porto de São Francisco, nos EUA, e o Porto de Amesterdão.